Apiacás  a jovem cidade que comemora neste sábado 33 anos de emancipação 

Prefeitura Municipal de Apiacás – Foto de Arquivo

 

Apesar da crise causada pela pandemia e a falência moral da política nacional e de outras instituições de relevância no Brasil. O pequeno município de aproximadamente 12 mil habitantes situado no portal da Amazônia, extremo Norte de Mato Grosso há aproximadamente 1020 quilômetros da capital está respirando ar de esperanças e em pleno desenvolvimento.

O município cujo nome de origem indígena está relacionado ao povo indígena APIAKÁ-KAYABI que habitaram a região é a segunda filha do município de Alta Floresta,  município Polo do extremo Norte de Mato Grosso.

Atualmente é administrado pelo prefeito Júlio Cesar dos Santos, um dos filhos do popular seu Du, que foi, o primeiro prefeito da cidade.

Belezas naturais do município essa é uma parte da cachoeira do Rio Ximari – Foto cedida  por munícipe

Júlio  da papelaria como era conhecido antes da política, foi antecedido pelo prefeito Adalto Zango, que administrou o município, por dois mandatos e de quem ele recebeu apoio.

Com vários projetos encaminhados por Zago, dá sequência a administração deixada por seu antecessor, parece ter sido o melhor caminho  a seguir pelo atual prefeito, pois já nos primeiros meses da sua administração, Júlio Cesar transformou, o município em um verdadeiro canteiro de obras, e são inúmeras a ruas que estão recebendo pavimentação asfáltica.

BELEZAS DE APIACÁS-O pioneiro Bucce Vicenzi,e seu irmão e amigos em um dos momentos de lazer no glorioso Rio Teles Pires que também margeia o município –  somando mais uma das riquezas naturais de Apiacás.

Principalmente em bairros da periferia, o que auxilia muito na prevenção a saúde, pois a cidade que tem um longo período de estiagem durante o ano causando muita poeira que atrai doenças respiratórias aos moradores e principalmente as crianças que habitam essas comunidades.  Não resta dúvida que ruas pavimentadas auxiliam nessa prevenção.

Apiacás, com várias vocações econômicas é um lugar bom para morar e longe das agitações dos grandes centros urbanos. Aqui se curte a natureza, com rios psicosos e muito espaço natural para se observar a beleza da criação.

Terra de gente simples, trabalhadora e muita mistura de brasilidade, nordestinos, sulistas e até imigrantes de outros países. Quando, puder não deixe de conhecer esse pedaço e chão abençoado por Deus.

Parabéns povo apiacaense, que DEUS ilumine sempre, sua gente hospitaleira e batalhadora. Com trinta e três anos, o pujante Apiacás comemora idade de varão jovem, que no auge de sua juventude a cada ano se torna uma cidade bonita, progressista e acolhedora.

Por Lira Netto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − um =