A voz do povo não é a voz de Deus

AS ELEIÇÕES DA DUVIDA é  A ou B VOTE COM SUA CONSCIÊNCIA E PEÇA A ORIENTAÇÃO DE DEUS POR UM BRASIL MELHOR

fotos stragan (7)
Não seja um Judas, vá votar e dê mais uma chance a seu País

Os brasileiros estão a menos de vinte e quatro horas para decidirem no voto democrático a quem entregarão o destino de seu país por mais quatro anos.

Quase duzentos milhões de brasileiros

B rasil bandeira
Domingo é o dia de você dar uma nova chance a seu país , não se omita vá votar

estão imersos em uma situação das mais confusas na história dessa nação. Isso vem abertamente sendo interpretado pelos remanescentes brasileiros do século vinte, aqueles que já quinquagenários e sexagenários vivenciaram os mais difíceis momentos desta pátria amada.

Temos remanescentes do período da ditadura militar e os maduros brasileiros que viveram o nascimento do regime republicano, com as transformações avassaladoras que tomaram conta do mundo desde os últimos anos do século vinte e essas quase duas décadas do século vinte e um.

Enquanto as nações evoluídas e consideradas de primeiro mundo se transformaram com a globalização e o avanço da era tecnológica e foram transformando o planeta numa aldeia global, países em desenvolvimento e em situação um pouco mais adiante entre as menos favorecidas, como o Brasil, por falta de qualidade educacional, evoluíram também, mas para o descontrole social e econômico, e é aqui que encontramos o Brasil que moramos e sonhamos consertá-lo.

A globalização e a evolução tecnológica que veio junto com ela, o telefone celular, a internet, entre outros benefícios da nova era, conduziram nações despreparadas, para o marasmo do nepotismo da corrupção e do crime organizado, fruto da decadência educacional.

O Brasil colonizado por degradados e foragidos de outras terras, ainda não se curou da maldição da lei do levar vantagem em tudo, mesmo que o outro se dane, do vicio do enriquecimento ilícito, mesmo que o seu vizinho fique miserável e o espertinho milionário, mesmo que amanhã o espertinho seja assaltado por aquele de quem tirou o direito de sobreviver dignamente, aquele que foi extorquido, e explorado por ele, única saída que o desgraçado encontrou para que  sobreviva também, e por ai a fora.

Brasil que vem a muito procurando um salvador da pátria, um governante que faça milagres, que proporcione emprego e bons salários para quem lhe garantir o voto dando-lhe de presente a  cadeira de chefe do Brasil.

Povo, onde a grande massa despolitizada que elege os chefes de governo, diz detestar o politico e a política, mas estão sempre em busca de um jeitinho para serem beneficiado, com o emprego de um parente, de um amigo, e desde que esta situação seja atendida, o político que não valia nada passa a ser o cara bonzinho que está no Poder.

Massa despolitizada que elegem corruptos a troco de uma esmola e depois tornam os que trabalham duro seus escravos indiretos, por que desempregado e analfabeto político não pagam impostos e parecem desconhecer que o dinheiro do Estado sempre vem do suor de quem trabalha duro e tem doado a própria vida para viver com dignidade, e daí, o por quê os ladrões que tem comandado essa nação terminam sendo menos culpado do que o eleitor que vende seu voto ou troca o voto por favores de político canalhas e antipatriotas traidores da nação.

Quem compra voto e se elege merece prisão perpetua, por que é um traidor da pátria, quem vende o voto, deveria ter sua cidadania caçada porque está traindo sua própria honra e a honra de sua família e não merece ser cidadão. O canalha que vende o voto não pensa na Escola do filho e no Hospital Público que ele pode precisar um dia e nem na aposentadoria quando terminar suas forças e não conseguir mais trabalhar para defender o seu pão de cada dia.

Domingo, dia 28 de outubro estaremos todos nós brasileiros, numa encruzilhada sem muita alternativa e embora o ladrão na cruz, ainda teve sua ultima chance, quem sabe, Deus nos ilumine na hora que estivermos diante da urna de votação e tenha piedade de nós.

Se não vejamos, o candidato A, nos parece uma marionete comandado por um presidiário, o candidato B, esteve há 28 anos no poder e conhece muito bem, o que o povo brasileiro gosta de ouvir, promessas mirabolantes e transformações para a nação que parecem que vão surgir de uma varinha mágica.

Nestes termos, quem está no fundo do poço não é nossa nação é eu e você, tomados pelas ilusões do passado e mentiras dos pinóquios da política, que prometeram o melhor para o Brasil e nos roubaram tanto que nos tornamos vergonha para o planeta.

Hoje estamos nos tornando o ex-país do futebol e o atual país entre os mais corruptos do mundo.

Pior ainda é a vergonha de que somos uma nação onde as estatísticas apontam que tem crescido o número de evangélicos, que por conhecerem os princípios e pensamentos do Filho de Deus deveriam está dando seu auxilio a nação, mas o que vemos é muito desses envolvido nos piores maus exemplos, repetindo o gesto de Judas, que traiu Jesus, enquanto brasileiros denominados cristãos e evangélicos aparecem traindo seu país por sacos de dinheiro e bens materiais.

Passo por aqui meus caros irmãos brasileiros, para lembrá-los, e em especial aos que se denominam cristãos, no próximo domingo, orem antes de votar, pedindo a Deus que transforme o próximo governante desta nação seja ele qual for, e tenha piedade de nós, por que os dias são maus e a luz da lógica e da verdade estamos diante de uma tempestade e turbulência em alto mar.

Votar domingo, já não será o nosso problema mais grave, o mais grave, nos espera  a partir de  primeiro de janeiro de  2019, quando vamos  estar em alto mar  e precisamos clamar a Deus por terra a vista.

Porque estamos a  menos de vinte e quatro horas dessa decisão estamos a bordo do mais temeroso dos Titanics,  a deriva rumo a um Brasil inimaginável.

Que Deus nos ilumine, e estejamos todos certos, de que a voz do povo, nunca foi e nunca será a voz de Deus. Que Deus pese sua poderosa mão sobre um desses profetas, a quem domingo 28, ele vai permitir seja entregue o Brasil e não sabemos as  consequências da escolha de um povo desorientado e em sua grande maioria despolitizado.

A Deus toda honra e toda Glória, ao povo desta nação, a sentença de sua própria escolha.

Por Lira Netto/Jornalista/Repórter/bacharel em direito e evangélico.
Postagem para o LNnoticias
N.Lira
 Correspondente Penha SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *