Valen Bar fecha as portas e pega a todos de surpresa, inclusive aos funcionários

Na última sexta-feira (6), o Sindicato dos Empregos do Comércio Hoteleiro, de Bares, Restaurantes e Similares de Balneário Camboriú e Região (Sechobar) havia protocolado junto ao Ministério do Trabalho, um pedido de fiscalização no bar em questão.

As denúncias davam conta que os funcionários estavam com salários atrasados, além de ausência de reajuste salarial e falta de recolhimento do FGTS. O Sechobar também notificou a empresa para que enviasse os documentos e comprovantes sob pena de multas a serem aplicadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *